Suspiros aleatórios

caminos

Todas as vezes que penso sobre o que escrever, quando estou sem inspiração, a vida me uma sugestão que segue todo o caminho até o meu coração. É sempre sutil.

Ontem a noite, foi o Oscar.

Eu sei que eu deveria prestar atenção nos prêmios e na qualidade dos filmes, e não se engane eu o fiz, porém, havia algo ali que chamava mais minha atenção. Os discursos.

Ver aquelas pessoas, pessoas reais, subirem no palco com seus corações palpitando de medo para finalmente deixar sair um suspiro tranquilo escapar seus lábios, pessoas que também encontram em suas casas e suas camas um local seguro, traz um sentimento que apenas não posso explicar.

Pessoas que lutaram. Sim, havia sorte, com certeza, mas mais que isso, havia paciência. Persistência. Vê-los subir com suas vozes falhas e suas lágrimas caindo é tocante. Me pego sentada em minha cama, observando aqueles momentos, e imaginando tudo que fizeram para chegar ali, tudo que viveram e a música que serviu de trilha sonora para as cenas de sua vida.

Me pego suspirando. E rezando silenciosamente para nunca me esquecer desse sentimento. Dessa inocência.

Porque, para mim, no fim, todas as premiações são isso. Uma chance. Uma lembrança de que noites mágicas e momentos inesquecíveis existem, não apenas em filmes de Hollywood.

Três de Três #40

Mais uma semana e mais um pouco de inspiração por aqui, hoje estou em um dia um tanto… Preguiçoso? Cansado? Não é uma definição tão fácil de se fazer, mas para que a terça seja mais animada quero começar com um quote motivacional. Antigamente eu não acreditava neles, pensava que eram clichês demais, óbvios demais, até que percebi que ás vezes precisamos ouvir o óbvio. Precisamos que aquelas frases saiam de nossa mente até algo palpavél. Então para começar…

7647c24428d6165e6ad6dfc0c0e15da1

“A dúvida mata mais sonhos do que o fracasso um dia matará”. 

efa0a09d9c91a05603e040829e292bb2

E da série imagens bonitas sem um propósito especifíco temos… Uma rua um tanto desfocada. Eu sei, pode não fazer sentido, mas ela se torna especial dependendo da história que você dá á ela. E para mim, é um desejo intenso de estar lá. Sejá lá onde for. Correndo. 

E para terminar uma música. Honestamente, nunca cheguei a pensar que poderia gostar de Shawn Mendes, mas não é que o cara tem talento? Essa música específica está na minha Playlist há vários dias. Nada mal.

É isso pessoas, uma linda semana para vocês!

XOXO

Bella.

Ele

tumblr_static_tumblr_static_7y6d058hkpwkkow0wkc0k0cs8_640

O mundo acaba hoje. Foi isso o que ele disse. Algum cientista russo previu que aquele seria o último dia na Terra.  Ele nunca acreditou naquilo realmente, mas amava utilizar dito fato como uma desculpa, sentia que se havia a menor possibilidade de que o mundo acabasse ele precisaria estar onde mais desejava.

Porque ele era assim. A maioria das pessoas pensava no que queriam fazer. Ele fazia. No seu primeiro fim do mundo foi ao topo de uma montanha. No segundo, dormiu na praia. Agora, estava em frente ao prédio dela. Chaves do carro na mão direita, snickers na esquerda, óculos escuros cobrindo os olhos acaramelados.

Ela, por outro lado, desceu as escadas distraída, brincava com a ponta das unhas, ele amava aquela visão dela. Bagunçada e avulsa ao resto do mundo. Mas a que veio em seguida foi ainda melhor, ela levantou a cabeça e o viu, seu sorriso se espalhou pelo rosto iluminado, e aquele simples gesto, havia algo nele, fez com que o rapaz se esquecesse de toda a merda de fim do mundo.

Ela caminhou e o abraçou. Ele sentiu o calor percorrer seu corpo e a lembrou da promesso que fizeram, que não morreriam sem fazer tudo que o queriam. Ele disse que queria correr. Viajar. Ela disse que ele estava louco. Ele disse sim. Ela disse não. Ele implorou. Ela gargalhou. E com um passo gigantesco em direção ao vazio eles foram.

Entraram no carro no dia 16 de Fevereiro de 2016. A mão dela cobriu a dele enquanto seus pés descansaram sobre o painel. Com a estrada a sua frente nada mais importava, nem o trânsito, a possibilidade de morte iminente ou o acaso. Não. Ele amava o acaso.

E daí que o mundo acabaria naquele dia? Já era hora.

{Da série, Eles}

Sobre o topo

tumblr_inline_nklaybpcn61r22gr8

Existe um sentimento que surge quando vemos outras pessoas serem bem sucedidas. Não tem haver com ciúme ou inveja, não na maioria dos casos eu espero, mas sim, com esperança.

Quando você vê aquela pessoa lá em cima, brilhando, porque há um brilho especial ao seu redor, que vem de dentro para fora como se não houvesse nada que pudesse tirá-la daquele momento. Como se o seu sorriso, que poderia iluminar uma cidade inteira, nunca fosse desaparecer. E  você sabe que não é bem assim, que existem momento complicados, dias de fúria e raiva, mas por alguma razão você também sabe que todas  ás vezes em que aquela pessoa pensar que não tem nada ela terá algo para o qual recorrer. Porque quando você vê ela lá em cima, ela está brilhando, reluzente.

Ela conseguiu. E não há nada melhor no mundo que a sensação do vento batendo em seu rosto quando você chega ao topo, nem sequer a vista, ou a ideia ultrapassada de superioridade, mas o vento. Que sopra o sua face e leva com ele toda a dor, deixando apenas lindas cicatrizes. Porque você conseguiu.

Ver alguém que já está nessa posição é maravilhoso. Traz esperança para um futuro melhor. Mostra que não é impossível, é só uma questão de tentar, e não há ninguém para culpar por não tentar, e mais importante, insistir, que você mesmo.

Afinal, qualquer um poderia ser a próxima pessoa a subir no palco do Grammy sem calças para receber o seu próprio prêmio de excelência musical.

Não é tão difícil assim.

  • Texto inspirado no discurso do Twenty One Pilots, Tyler e Josh, para receber o seu prêmio do Grammy na noite de ontem. Vou deixar o discurso deles traduzido aqui(Como não achei em português eu mesma traduzi, perdoem qualquer erro rsrs) , mas para quem não sabe, eles subiram de cueca no palco!

 

“A história, começa em Columbus, Ohio, e foi há alguns anos atrás, e foi antes que Josh e eu fossémos capaz de ganhar dinheiro com música. E eu liguei para ele e disse “Hey Josh,você quer vir aqui assistir aos Grammys?” E ele disse “Claro, quem está aí?” E eu disse ” Alguns dos meus colegas de quarto para ver aos Grammys com a gente” E  enquanto nós estavamos assistindo, nós notamos que cada um de nós estava de cueca. E seriamente Josh se virou para mim – E não éramos ninguém naquela epóca – e ele disse “Se um dia nós formos á um Grammy, se um dia nós ganharmos um Grammy, nós deveriamos recebê-lo assim” Então isso não é apenas incrivel, mas eu quero que cada um que está em casa asssistindo saiba que você pode ser o próximo. Então se cuida. Porque qualquer um de qualquer lugar pode fazer qualquer coisa. E é isso”.

TAG: Hábitos de Leitura

tumblr_n0xycv738y1szmrlyo1_500

Tag:  Hábitos de leitura

Honestamente não consigo me lembrar se já fiz alguma tag por aqui, acho que não, a verdade é que tenho um sentimento agridoce em relação á elas, mas esta me pareceu interessante quando vi no blog Extraordinariando , então resolvi trazer pra cá também, afinal, falar de livros é sempre bom, né?

  1. Quando você lê?(manhã, tarde, noite, o dia inteiro ou quando tem tempo)

Normalmente leio na parte da tarde e vou através da noite, gosto de livros assim, que me impedem de parar a leitura.

  1. Você lê apenas um livro de cada vez?

SIM. Absolutamente. Acho que com duas histórias acabaria perdendo o interesse em uma ou não poderia me focar na outra.

  1. Qual seu lugar favorito para ler?

Sabe que não tenho um lugar específico? Gosto do sofá normalmente, no silêncio, ou quem sabe na varanda.

  1. O que você faz primeiro: lê o livro ou assiste ao filme?

O livro, normalmente perco a vontade de ler o livro após ver o filme, foi o que aconteceu com Divergente, por exemplo, mal cheguei ao fim do primeiro.

  1. Qual formato de livro você prefere?(áudio-livro, e-book ou livro físico)

Livro físico, além de achar mais confortável para a leitura eu amo a magia das paginas, do cheiro, tudo.

  1. Você tem algum hábito exclusivo ao ler?

Na verdade não, apenas leio, rsrsrs.

  1. As capas de uma série tem que combinar ou não importa?

Importa um pouco, a verdade é que amo capas de livros e se elas não são bonitas ou não tem relação com a história me desaponta, sinto que alguém perdeu uma oportunidade de fazer algo incrível. E odeio capas com pessoas na frente, não sei por que, mas me incomoda 🙂

Bom, é isso gente, uma TAG bem rapidinha, quem sabe trago outras pra cá e também mais sobre livros e séries, que tal? Gostaram?

XOXO

Bella.

O Porque De… Viajar. #2

tumblr_lykxabbpwd1r1nv1go1_500_large

O porque de viajar…

Porque todos os clichês são verdade.  Porque você conhece o significado real de Wanderlust, não só por sua popularidade momentânea. Porque a vida não foi feita para ser vivida em um só lugar, existem novas páginas a se descobrir. Porque existe uma necessidade intensa de fugir, apenas para descobrir, depois de ter visto tudo, que os seus problemas o seguirão em qualquer lugar. Porque existe um fogo, uma intensidade inexplicável, que pede por mais, que desejava ser livre, ir e vir. Conhecer. Entender. Porque viagens são a única coisa que você compra que o torna mais rico, e mesmo que você já tenho escutado isso um milhão de vezes, ouvi-lo mais uma vez não faz mal, ao contrário, faz seu coração pular pensando na próxima viagem. É verdade, viajar te torna mais rico. E não é só de belezas que vivemos, mas de conhecer lugares, histórias, culturas e pessoas, viver, sonhar e desvendar espaços que geograficamente não foram feitos para nós. Mas quem liga para a geografia? Se os corações apaixonados já provaram que ela é apenas um fator técnico. Viajar também é paixão. Paixão pela vida. Pelo mundo. 

Uma música e um recado

ef310f37f43bd8d8a7df1972b6884ff1

Sabe que eu nunca sei como começar posts assim? Esse, por exemplo, já estou pensando em fazê-lo há muito tempo, mas ele é tão prático que não sem nem sequer por onde começar. Digo isso, porque esse é um post para falar sobre as redes sociais do blog! Mais ou menos isso, de qualquer forma, mas prometo que o farei da maneira mais interessante possível. Vamos lá?

Bom, começando com o Twitter, Talvez Um Dia, ele foi criado com o intuito de compartilhar frases, a verdade é que muita coisa acaba não vindo parar aqui porque são trechos soltos e nem sempre consigo encaixá-los em textos. Logo, um Twitter, ele é recente, como todas as redes, e por isso ainda está tomando forma, mas é um esforço rsrsrs.

O segundo, e esse já tem alguns anos de vida é o Tumblr, tanto o Twitter como o Insta não são minhas redes pessoais, mas o Tumblr é uma combinação de tudo, Talvez Um dia, lá nós temos séries, quotes e imagens bonitas. Acho que essa é a definiçãod e tumblr né?

Por último, o Instagram, esse é uma incognita para mim, comecei recentemente um feed nesse estilo e ainda estou aprendendo a criar algo que tenha a minha identidade sabe? Posso até fazer um post sobre isso quem sabe? Talvez um Dia.

Bom, como vocês devem ter percebido as redes sociais do blog são um novo experimento para mim e um aprendizado em andamento, mas quero continuar com elas e quem sabe um dia trago minhas redes pessoais para cá também. E como vocês devem ter notado dois links tem o nome ‘bebackinfive’, o escolhi por necessidade, mas por curiosidade a frase significa ‘voltarei em cinco’ e veio de uma música de um dos meus ruivinhos preferidos. A letra inteira dela é ótima e o ritmo é super delicinha de ouvir. Olha só:

Eu adoro essa música e essa frase também, e sei um post só sobre redes sociais é um tanto inútil, mas não se preocupem esse é o primeiro e último, espero que vocês conheçam e me digam o que acham, ok?

XOXO

Bella.